sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Saudades do Futuro



Tenho saudades dos dias que ainda não temos
Saudades dos passeios na praia que não demos
Do olhar o mar entre promessas de amor
De esticar a mão e dar-te aquela flor

Tenho saudades amor...

Tenho saudade dos momentos que hão de vir
Das horas passadas de mão dada a sorrir
Dos sonhos partilhados em noites de luar
Onde tu e eu seremos um só corpo...um só amar

Tenho saudades amor...

Da forma como me vais abraçar...tocar...beijar
Do sopro da tua brisa na minha pele
Toque do meu coração no teu a latejar
Da minha língua no teu corpo sabor a mel

Tenho saudades amor... do nosso futuro


Beijos e Abraços
Das Chamas do Fénix

13 comentários:

Cleo disse...

Saudade daquilo que ainda não veio, não aconteceu. Também já tive esta saudade.
Lindo poema.
Beijos e linda sexta.
Cleo

Shakti disse...

Saudades de acontecer
Saudades de querer
Saudades de poder
Saudades de manter

bj de bom fim de semana amigo !

Fênix disse...

Cá estou eu para retribuir a tua visita no meu pequeno espaço!


Gosto do que leio, por vezes sinto saudades do que ainda não vivi tambem :)



Abraço Amigo



Fênix

Um Olhar disse...

Comovente...Pelas palavras, pela mensagem, pelo amor tão claramente demonstrado neste lindo poema.

GBjo

Fatima

AnaMar disse...

Que o futuro aqui desejado, já tenha começado.

Anónimo disse...

Fénix...

Hum...Phonix ... que coisa mais linda... gostas de gelados?

Bjs

As Chamas do Fénix disse...

Cleo...

Desejos com nome de saudades...

Uma boa semana para ti.

Uma grande chama para ti... beijos

As Chamas do Fénix disse...

Fênix...

Irmão de fogo... ter saudade do que não vivemos é uma forma de continuar a lutar para o conseguirmos...

Uma grande Chama para ti...Abraços

As Chamas do Fénix disse...

Um Olhar...

É um grande amor sim...

Uma Grande Chama para ti... beijos

As Chamas do Fénix disse...

Anónima

Ainda bem que gostaste do que leste... e em resposta à tua pergunta gosto de gelados sim ...

Uma grande chama para ti... beijos

As Chamas do Fénix disse...

Anónima...

Se queres falar... podes fazê-lo. Não gosto de mistérios...nem de insinuações deixa o teu telefone ou contacto de mail. Eu tenho moderação de comentários e só eu vou ter acesso a eles... Assim deve ser mais fácil, além do mais não gosto de falar com que não dá a cara...

Shakti disse...

O que fizeste ao meu comentário deste teu poema???

Sou uma renegada por ti...buuuaauuaa...

Suzi Regina disse...

-Oi, também sinto saudades do que já fomos, do que não fomos, e do que desejo que sejamos...
Saudades do que nunca vivemos e dos beijos que não trocamos, saudades... saudades de você...