terça-feira, 20 de maio de 2008

O meu espelho



Olho para ele… vejo o que sou e o que não sou…vejo o que fui e o que quero ser… Vejo o meu nascimento, renascimento e morrer…
Vejo os sonhos que ainda não tive, vejo a alegria de amar e a lágrima que não contive…
Vejo as minhas chamas e o meu voar… vejo o Sol e o Luar… vejo as estrelas e o mar… vejo o que quero e não quero…só não vejo a hora pela qual espero…


Beijos e Abraços
Das Chamas do Fénix

8 comentários:

Carla disse...

nada como acreditar que essa hora chegará
beijos

Eärwen Tulcakelumë disse...

Às vezes a alma se encontra assim, mas quem trás em si a marca do renascer tem o dom de transmutar toda esse não saber em certeza. A hora há de chegar, verás!!!

Pérolas incandescentes de carinho amigo.

Eärwen

São disse...

Vemos sempre o todo...
Boa tarde.

vero disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vero disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vero disse...

E será que essa hora exite? :)

anjo disse...

olá , o espelho é estarmos a olhar par dentro de nós mesmo , e isso é mt bom , não tenhas pressa por aquilo que esperar , acredita qd chegar a hora vais acontecer , basta quereres , qd queremos mt uma coisa ela aparece temos de acreditar e esperar, beijos e boa semana

Professor Doutor "Atever" disse...

Há "mistérios" que nem um espelho mágico conseguia desvendar.
Por isso é que são mistérios.
Abraço.