terça-feira, 4 de março de 2008

Amizades Virtuais, amizades Reais…

Não damos a cara, temos os nossos cantinhos, tascos ou ninhos, mas poucos damos a cara…
Dizemos o que nos vai na alma, no coração, declaramos raiva, magoa, amor, amizade, desejo, tesão… mas não damos a cara… ou damos???
Será que se o Fénix, tivesse o nome do BI e em vez da tatuagem que tem no braço como Foto do perfil, tivesse mesmo o seu Rosto diria as coisas como as diz neste momento… e vocês meus amigos diriam????
Tenho grandes e maravilhosas amizades na blogoesfera, não sei se de outra forma as teria… não conheço os vossos rostos, pouco sei da vossa vida, conheço a vida de 2 e a voz de uma…
Pouco ou nada sei de vocês meus amigos… mas de alguma forma sinto, que pelo menos da grande maioria, posso contar convosco, vaiasse lá saber porque?

Beijos e Abraços
Das Chamas do Fénix

14 comentários:

Dualidades disse...

O que conta, em primeiro lugar, são mesmo as amizades. Depois, se são reais ou virtuais acaba por ser um bocado secundário.

Grandes amizades virtuais se transformaram em amizades reais (e às vezes até mais que amizades :) ).

Abraço.

Iana disse...

Doce amigo...

Concordo com você!
Mas euzinha conheço algumas pessoas, que passaram do apenas virtual para o real.

E virtual ou não somos todos reais, expressamos tudo que meu amigo nesse texto escreveu...

Os amigos virtuais nos ajudam a levar e dar mais encantos e magia em nosso mundo virtual, e que é tão satisfatório recebe-los em nosso espaço e visitar os deles!

Mas quando nós encontramos pessoalmente fica tudo tão bonito.
Quem derá eu encontrasse com todos e ver a carinha risonha de cada um, que em seus espaços faz-me vibrar de alegrias, emoções, encantos e torna por vezes uma pessoa mais alegre em cada texto que lê...

Virtual ou não adoro ler o que escrevem, e partilham com cada amigo leitor um pouquinho de si.
isso já é muito bom.

Com carinho
Iana!!

Rita disse...

Eu conheço pessoalmente 3 dos meus blogamigos o que não quer dizer que não sinta pelos outros o mesmo ou mais até. Acho que se por um lado é mais fácil "enganar" assim sem ser cara a cara não quer dizer que não o façam com a mesma facilidade no cara a cara (com o maior descaramento) por outro lado acho que até é possível que seja, para algumas pessoas, mais fácil serem sinceras assim por detrás do que escrevem. Eu não tenho necessidade de desconfiar do que leio de quem gosto de ler nem tenho a necessidade de mentir no que escrevo (mas isso também de caras, eu sou totalmente transparente e gosto muito de dizer o que penso).
Gosto muito de ti, meu tenrinho, pelos diálogos que temos trocado e pelo que escreves...
PS - Estás intrigado...Gosto disso!
Jokas

mjf disse...

Olá!
Amigos virtuais...são amigos...
Podemos contar com eles...ás vezes mais do que com aqueles a quem conhecemos o rosto.
Podemos imaginá-los... podemos atribuir as virtudes que quisermos, e dia a dia aprendemos a conmhecê-los...
Beijocas bom amigo

Maria Manuela (M&M) disse...

Acho que todos, de uma forma ou outra, sentimos isso...
beijos

Carla disse...

estou nestas andanças há pouco tempo, mas há pessoas por quem nutro uma amizade especial, mesmo nunca tendo visto o seu rosto ou conhecendo a sua voz...
...as palavras são mesmo muito fortes!

Zaka disse...

Eu dou a cara no meu blog! :P

Mando disse...

depois do teu post da ultima sexta-feira só faltou dares mesmo a cara! hehehehe

Eu ainda considerei por lá uma foto no meu blog, já que é pessoal, mas pensei "que mal fizeram a Deus os meus leitores para levarem com a minha foto" hehehehehehe

Mas a falar mais sério, sim, certas coisas não diria, não sei porquê, mas não diria, receio?, medo?...penso que é apenas a minha personalidade...

sim quando criei o blog e vim aqui parar, não imaginaria, passados 2meses, ainda te "visitar"...

abrço...do mando...

p.s: se precisares de uma injecção já sabes com quem contar hehehe

ternura disse...

É bem verdade o que escreveste.
Mas também é verdade que de uma forma ou de outra, a gente consegue "apalpar" insegurança, medos; alegrias; honestidade ; hipocrisia, virtudes ou defeitos.
Eu falo por mim; ou melhor, escrevo, sou muito capaz, de ter uma belissima percepção acerca de carácteres, mentiras ou hipocrisia.
Há sempre um traço ou outro que me faz "estreler".
Deve acontecer à maioria das pessoas. por isso é que muitas vezes , de uma forma ou de outra, penso, que sou capaz de conhecer um pouquinho das pessoas que leio com regularidade.
Beijinho.

sou chifre de unicórnio, asas de fadas, coração de dragão... disse...

as vezes,
me sinto da mesma forma...
e pouco a pouco me apego
a esse mundo
que esta contido em uma página de internet.
simples ou complexo?!
só sei que ele é muito importante pra mim,
já me chamaram até de "Blogada"
acredita?! rs
Bem, amigos...
essa palavra é mesmo complicada...
mas acho que se uma manifestação de carinho é sincera
eu já acho que vale muito
e eu acabo ganhando o dia...
No mais,
o Blog já é um amigo e tanto...
Poxa, e eu te conheço tão pouco,
nem sabia que tinha uma tatuagem,
sempre quis fazer uma fenix
meu primeiro blog chamava
"renascer das cinzas", sabia?!
e eu tenho tatuado nas costas asas,
não asas comuns, minhas asas...
realmente sabemos pouco das pessoas pelo contato pela internet
mas isso não diz, que essas pessoas não significam nada pra nós,
muito pelo contrário
pois para elas nós nos expomos muito mais,
tanto alegrias, tritezas, conquistas, decepções...
Eu acho tudo isso muito mágico...
bjos

Parvinha da Silva disse...

nestas lides há quase 6 anos, o balanço que faço da net é positivo.

Como dizes, criam-se grandes amizades, cumplicidades e, quase sempre, é espantosa a solidariedade que encontramos.

Os dedos de uma das minhas mãos são de mais para enumerar os casos da passagem do virtual para o real.
Ficou a lição: nem tudo o que parece é.

Um beijo para ti.

Pandora disse...

A amizade é dos sentimentos mais puros que temos. O que interessa o verdadeiro nome ou foto, quando existe um sentimento como a amizade? Nada!
O que conta é o ser, virtual ou real,esse amigo, que está sempre disponivel para nos ouvir, consolar, apoiar, etc...

Um beijo

Atever disse...

Em certa medida não acho as amizades ditas virtuais diferentes das outras. Pelo contrário; por vezes temos mais dificuldade em expressar, cara-a-cara, alguns sentimentos, o que pode ser um entrave a um relacionamento de amizade. E depois, quem não sofreu já uma desilusão com um daqueles "amigos" de carne e osso, daqueles que aparecem sempre na hora da cervejola mas que levantam voo à primeira contrariedade?
Eu já tive por aqui algumas provas de amizade desinteressada, daquela que eu gosto de receber e dar.
Por isso também acho que podemos contar com estes amigos da mesma forma que com qualquer outro.
A amizade está no coração e não no rosto.
Abraço.

SílviA disse...

Bem, eu dou a cara e se não desse com certeza diria muito mais coisas do que digo...mas sinto amizades na blogosfera e isso faz-me bem :)