segunda-feira, 14 de abril de 2008

Cinzas de um Ramo Firme


Abri os meu olhos de fogo para me encontrar
No oceano de chamas em que me criei
Abri os meu olhos de fogo para te encontrar
Nas cinzas que um dia provoquei

Voo perdido nas minhas próprias chamas
Procurando em ti que me amas
Um ramo firme para poisar
Ou pelo menos para descansar…


Beijos e Abraços

Das Chamas do Fénix

8 comentários:

Carla disse...

tanta suavidade, por entre as chamas do desejo!
beijos

mjf disse...

Olá!
Andas muito inspirado...será a Primavera???;=)
Gosto, especialmente de : "Um ramo firme para poisar...", quem não o procura????

Beijocas
Boa semana

SílviA disse...

Que lindo :)

Pandora disse...

Meu querido Phoenix,

Continuas com as tuas chamas bem acessas!

Beijos

Eärwen Tulcakelumë disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eärwen Tulcakelumë disse...

Palavras de fogo saem do coração
Movidas pela chama do pesar
Não te deixes por ela consumir
Renasce neste teu gostar

Assim somos nós, aves de fogo, transformador.

Pérolas incandescentes de luz e carinho amigo.

Eärwen

Professor Doutor "Atever" disse...

Um sobrêro, compadri! Nã há ramo mais firme que o do sobrêro e mesmo esses, às vezes vem um tornado e arranca-os.
Por isso o melhor mesmo é os braços d'uma gaja. Não há tornado que as derrube nem um raio que as parta eheheh.
Abraço.

Anjo De Cor disse...

... andas apaixonado ;)
Beijnhos esta muito bonito este texto.
Sonia