sexta-feira, 4 de abril de 2008

Discutir o PG

Quem me conhece e lê este titulo deve pensar o gajo está parvo… e se calha até estou….
Mas atendendo que… os visitantes aqui do ninho (pelo menos os que comentam) são maioritariamente “Ladys”…vou lançar à discussão o controverso PG … ou o chamado Ponto G.
Minhas queridas…
O ponto G…existe mesmo?
É um ponto físico ou pscologico?
Vocês têm mesmo essa pequena concentração nervosa dentro da “parachita” que as pode levar às nuvens????? Ou é um mito…


Gajos...Já algum de vós o viu... mesmo que fosse de fugida?






Vá lá, atirem as vossas chamas…

Beijos e Abraços
Das Chamas do Fénix

14 comentários:

Pandora disse...

Existem dois pontos G.

Bj

O renascer da Fenix disse...

Padora...

Não me faças o bate e foge... troca isso por miúdos... 2... ?
Explica...

Uma Grande Chama para ti... beijos

Carla disse...

claro que há e a Pandora tem razão são dois o físico e o psicológico...o físico sente-se quando a mulher está excitada (uma pequena elevação ligeiramente acima do clitóris), o psicológico é mais difícil de explicar...tinhas que ser mulher eheeheh
agora que nos leva ao paraíso, podes ter a certeza que leva, desde que devidamente estimulado pode gerar orgasmos muito intensos
bjs

Pandora disse...

Isso agora, já era saberes demais!

:-)

O renascer da Fenix disse...

Pois ...

As minhas Ladys estão muito esquivas...
Eu escrevi já num post meu que para mim o sexo tem três fases
1º Falado
2º Oral
3º Total

E que as parrachistas para nos darem o seu melhor têm de ser bem trabalhadinhas... tanto a que está entre as pernas como a que está dentro da cabeça...
Vá... toca a das pormenores....

Uma Grande Chama para vocês...

Rita disse...

Pois cá para mim o Ponto G é mais psicológico do que físico porque pode estar em varias zonas do corpo depende do que se está a estimular. Há aqui uma zona assim a modos que atrás da orelha (pelo menos da minha) e que também pode dar pelo nome de "cangote" que se tiver cá alguém a bichanar assim baixinho, Deus me livre...
Além disso acho que o Ponto G é o Triangulo das Bermudas feminino.
Jokas

O renascer da Fenix disse...

Rita...

Da esquerda ou da direita?....ehehehhe

Uma Grande Chama para ti...beijos

No Túnel... disse...

O famoso Ponto G...
Todos dizem que ele existe mas ninguém sabe onde... temos que procurar, elas agradecem (certamente) eheheh.

Abraço e bom fim de semana.

P.S.: Não comento mais pq estou à espera dos comentarios das "ladies"...

Parvinha da Silva disse...

Diz a Wikipédia:
"Invisível aos olhos e não muito fácil ao tacto, situa-se logo abaixo do osso púbico, profundamente na parede anterior da vagina, entre sua abertura e o colo do útero.

Primeiramente, a mulher deve estar bem relaxada para que as paredes vaginais fiquem muito bem lubrificadas, isso fará com que o ponto G fique inchado, cheio de sangue e portanto mais sensível e proeminente. O ponto poderá então ser identificado como uma pequena saliência enrugada, uma área oval de 2 cm, localizada em baixo do osso púbico, na parede frontal interna da vagina.

Com a mulher deitada com a barriga para cima poder-se-á penetrá-la com o dedo médio e a palma da mão virada para o clitóris: A ponta do dedo deverá então estar tocando o ponto G, onde se sentirá uma área mais rugosa ou áspera que o normal, podendo vir a ser duro também devido à excitação feminina".

No ser humano, as zonas erógenas são determinados pontos ou trechos sensíveis da pele que, ao toque, desencadeiam uma reacção de excitação. A presença destas zonas (ou ao menos a intensidade da sensação causada) pode variar de indivíduo para indivíduo, e decididamente de situação para situação, embora padrões sejam delimitados de acordo com as zonas apontadas pela maioria das pessoas. Pescoço, nuca, lóbulo da orelha, lábios e língua, mamilos, nádegas, coxas e dedos, para além dos próprios órgãos sexuais são comumente apontados por homens e mulheres como zonas erógenas".

Há, pois, que fazer a distinção entre zonas ou pontos erógenos e o ponto G ou ponto de Gräfenberg (o ginecologista alemão que o identificou).

O ponto G existe, contudo nem sempre é devidamente estimulado. Por que será que uma mulher atinge sempre o orgasmo quando se masturba?

Fénix, meu malandrão, eu bem sei que este teu post não pretendia uma resposta de carácter científico. O que tu querias era que nós, meninas, pusessemos aqui as nossas intimidades a nu.

Mas, comigo, enganaste-te hoje. Este é um tema demasiado importante. Existe muita mulher que não sabe o que é um orgasmo e muito menos orgasmos múltiplos. E, aí, eu não cedo. Eu e as minhas congéneres não podemos abdicar de tudo aquilo a que temos direito!

Dixi.

Maria Manuela disse...

Meu querido o PG existe em todo o lado.... no desenho que fizeste, diz que sim....mas principalmente na cabeça de um homem ou de uma mulher, na ponta da língua, na posta dos dedos, no pescoço, nas costas..... etc, etc, etc....

Mas descobri-lo não é para toda a gente...
BJ

Helena disse...

Claro que existe o ponto G...

E estou de acordo com a M&M que esse ponto qure nos leva as nuvens e que faz bem a pele existe em todo o lçado ha que procura-lo muito bem...

Beijinho :)

Eärwen Tulcakelumë disse...

Sim o ponto G existe!
Acredito que com tudo que foi dito aqui, já estejas convencido Amigo de Fogo.

Pérolas incandescentes de doce procura.

Eärwen

Afrodite disse...

não conheço o "no túnel", mas já tenho por ele (presumo que seja um ele) uma enorme admiração; resumiu a coisa de forma admirável, em 3 pontos:

1- sim, existe

2 - há que procurá-lo

3 - elas agradecem.

Ganda túnel!

SílviA disse...

Dizem que sim. Eu ate acredito...ainda nao o encontrei...sou muito preguiçosa.lol. Mas, lá está...podem haver muitos pontos G :)