terça-feira, 15 de abril de 2008

Cama de Cinzas em Chama


É verdade, todos nós temos um pouco de insanos
Afinal de contas, não passamos de humanos
Seres que prendem ou quebram as correntes
O medo nasce nas suas mentes
Apanha, cobardes, fortes e inocentes
A mim não me vai corromper
Tenho uma vida para viver
Vou dormir para não morrer
Na minha cama de cinzas em chama…
E despertar e renascer
Para a vida que o meu nome clama


Beijos e Abraços
Das Chamas do Fénix

12 comentários:

Pandora disse...

Não tens de ter medo, tudo se resolve e faça favor de ter pensamento positivo.

Beijos

O renascer da Fenix disse...

Pandora...

O medo só se torna mau quando nos domina enquanto for eu a dominar ... o medo é bom....

Uma grande chama para ti... beijos

Carla disse...

"Ah o medo vai ter tudo
tudo
(Penso no que o medo vai ter
e tenho medo
que é justamente
o que o medo quer)"

é lindo este poema do Alexandre O'Neill...acho que de alguma forma estás em sintonia com ele
beijos desalinhados e sem medo

O renascer da Fenix disse...

Carla...

Venham dai esses beijos sem medo que até ajudam a fazer desaparecer o medeo de ter medo... ;)

Uma Grande Chama para ti... beijos

Rita disse...

Não me convides para a tua cama. Ficava toda esturricadinha....
Jokas

O renascer da Fenix disse...

Rita...

Pois.... eras capaz de não ficar muito bem tratada... ;)

Uma Grande Chama para ti...Beijos

Eärwen Tulcakelumë disse...

Que esta cama de cinzas em chama faça renascer uma nova força.

Pérolas incandescentes de renascimento.

Com carinho,

Eärwen

Carlos Barbosa disse...

Vim, gostei e vou voltar.
Vou adicionar nos meus links... :)

ternura disse...

Isso na minha terra não são cinzas.
são brasas e olha que queimam, rsrsrs.
O medo pode nos restringir os movimentos, mas quem não o tem?
Assumo que tenho medos e tenho muito medo.
Beijinhooooooo.

Afrodite disse...

e assim falou ϕοῖνιξ, renascida das cinzas.

Um beijo, ó imortal.

Gerlane disse...

Que durmas o sono dos justos e despertes na certeza de cada dia é uma possibilidade para se viver e só a tem quem a merece.

Beijos pra ti!

osátiro disse...

Só a(o)s predestinadas renascem das cinzas...