quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

"Já não estou..."

Ando pouco inspirado, ando por motivos alheios à minha vontade com a minha imaginação em baixo, ando cansado, não tenho assim grandes motivos para sorrir, e até tenho uma coisa que é rara em mim que é o medo, e tenho outro problema que é o de não poder demonstrar que estou assim (e penso que esta ultima é que me esgota).
Mas hoje quando abri aqui o meu cantinho encontrei assim sem esperar um bom tema de conversa com os meus amigos…Não sei se já repararam, mas eu tenho assim tipo um questionário no meu espaço para os visitantes que por aqui embicam possam expressar o seu nível de conforto aqui no cantinho do “Je”…
Tenho poucos visitantes mas bons, é pá os outros que me perdoem, mas como não deixam o seu testemunho não posso interagir com eles…
Mas hoje assim de repente… arrancaram-me um sorriso da cara… o questionário tem estado bastante parado até ontem tinha 12 votos e hoje pela manhã 14, numa noite consegui 2 votos, 2 “Já não estou”…
Pode parecer estúpido, mas o facto de já não estarem encheu-me de orgulho, porque sendo este um espaço plural, livre e sem tabus o facto de pessoas dizerem “Já não estou” é porque pelo menos viram o que por aqui se passa e olhem… não gostaram e saíram…
Eu sou assim, um pouco perfeccionista, sou consciente que o que faço não é mau, mas que poderia ser muito melhor… Agora vou falar para os futuros “Já não estou” porque os do passado já não vão ler com toda a certeza isto… Quando votarem “Já não estou” deixem um pequeno comentário do porque dessa opção, posso sempre melhorar… acredito na critica construtiva…
Agora aos que votaram Bem e Muito Bem, não necessitam de deixar comentário nenhum porque a vossa visita mais ou menos frequente aqui ao meu cantinho… é a melhor resposta que poderiam dar… vocês gostam de passar por aqui e eu gosto de vós receber aqui…


Beijos e Abraços

Das Chamas da Fénix


PS: Perdoem-me os que comentaram o meu Post de dia 4... eu escrevi o Post num momento de raiva e ontem decidi apagá-lo, aos que o leram e o comentaram ... acreditem que vós agradeço as vossas palavras... Uma grande Chama para todos

10 comentários:

Dualidades disse...

A malta quando volta, volta porque quer! Os que contam são os que ficam.

Não podemos ter a pretensão de agradar a todos!

Quanto á falta de inspiração que às vezes nos apanha, como te compreendo! Daí às vezes sairem textos "mauzinhos". Todos temos dias.

Dualidades JP

Gerlane disse...

Meu caro, ou, querido amigo,

Este teu espaço já faz parte do meu itinerário habitual. Se não o visito mais, é devido ao pouco tempo que disponho para isso. Vida de professora, sabes como é? Três turnos na labuta e, muito carinho guardado para espalhar, infelizmente.
Mas, não fiques desanimado não! És querido!

Deixo-te um cafuné e beijinhos!

O renascer da Fenix disse...

Gerlane...

Querida amiga, eu não estou triste ou desanimado com as visitas... a sério que não... Gosto do meu cantinho, gosto dos amigos que com ele criei, é um sitio especial para pessoas especiais...


ma Grande Chama para ti... Beijos

Gerlane disse...

Um cafuné, meu querido, é uma carícia que se faz na cabeça, com as pontas dos dedos, especificamente, com os dedos indicador, médio e anular. Costuma relaxar e provocar o sono em pessoas de todas as idades. E, é uma das minhas expressões prediletas de carinho para os amigos, amores, alunos e sobrinhos.

Beijos pra ti!

No Túnel... disse...

Oi...

Às vezes dizemos, pensamos e/ou escrevemos coisas somente para nos aliviar a alma... (qt mais não seja podemos aprender qq coisa).

O teu blog já faz parte dos meus preferidos, por isso o pessoal volta pq quer e certamente pq gosta.

Abraço

ternura disse...

Eu fui daquelas que leu o post de dia 4 e o comentou.
se entendeste de tirar, só tu o sabes e a gente compreende.
Aliás , estou aqui para te ler, se possivel comprreender e não para apontar o dedo.
Beijinho.

Pandora disse...

E eu também por aqui passei a primeira vez, numa de espreitadela, logo deixei o meu voto. Claro que não votei "já não estou", se não, não estava aqui agora. Gosto muito de vir aqui!
Com muita ou pouca inspiração os posts são sempre bem vindos e agradáveis de ler.
Bjs.

Azul disse...

Por acaso, eu sinto-me muito bem por aqui.
Quanto a gerir os post, o blog é teu, lindo, e fazes dele o que quiseres. E ninguém leva a mal se decidiste apagar um post!
Espero que, esta hora, o sorriso já tenha voltado :)

Bjufas!

Atever disse...

Olá Fénix.
Pois eu peço desculpa de só agora ter reparado no questionário. Mas claro que me sinto muito bem aqui. Se não sentisse não vinha cá. Agora é verdade que às vezes ando meio atrasado com as visitas e não consigo dar vazão ao "serviço".
Como eu habitualmente não faço comentários telegráficos, a coisa ainda se complica mais.
Quanto ao post apagado eu compreendo perfeitamente que o tenhas apagado. Quantas vezes me aconteceu isso… quantas vezes escrevo e meto na gaveta até que a crise passe e alguns dias depois acabo por deitar fora o que escrevi em momentos como esse. Momentos de raiva… momentos de desespero… momentos em que só temos vontade de adormecer e acordar quando os problemas estivessem todos resolvidos, como se não tivessem passado de um pesadelo…
Mas nós temos uma grande capacidade de sofrimento. Muito, mas muito maior do que aquilo que imaginamos. E se quando os problemas começam, quando nos cai o raio em cima, pensamos que não vamos aguentar, que vem tudo por aí abaixo, algum tempo depois acabamos por adaptar a nossa vida às condições existentes e aquilo que nos parecia insuportável, passa a fazer parte do quotidiano, de tal modo que é como se sempre tivesse sido assim.
Depois há os dias enevoados, aqueles dias sombrios em que a vida parece perder a cor e tudo fica meio acinzentado. Aí tiramos os óculos coloridos da gaveta das recordações e enganamos a tristeza.
Bem mas eu já me estou a "alambazar" e ainda tenho de ir ver a tal "coisinha" p+ara fazer.
Abraços e muita força.

Rita disse...

Pois eu adoro cá vir e ainda mais quando me chamas Rainha (deixa-me dar um bocadinho de graxa). Gosto do que escreves e gosto de deixar o meu comentário e claro que ainda gosto mais quando me visitas...
Jokas