sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Reunião...

Hoje estou de saida para uma reunião...
Não tenho muito tempo, mas não poderia passar sem vos desejar um magnifico fim de semana...


Beijos e Abraços
Das Chamas do Fénix

9 comentários:

Diva disse...

Tudo de bom p ti tbem neste final de semana... beijinhos docinhos.
Bjs meus

Zaka disse...

Bom fim de semana para ti também! ;)

Beijoca

Rita disse...

Obrigada e likewise...
Boa Reunião
Jokas

mjf disse...

Olá!

Passei para desejar um bom fim de semana

E já agora uma reunião com exito

ternura disse...

um bom fim de semana para ti também.
:-)

Pandora disse...

Desejo-te um fim de semana cheio de coisas boas.

Bjs

Maria Manuela (M&M) disse...

Vai lá mas não te demores...

bjo

Anónimo disse...

Estimados amigos/as:
Por motivos pessoais, em nada relacionados com saúde, decidi encerrar o meu blog.
Compreendo hoje que, levado pela emoção de um momento menos bom, foi uma decisão precipitada, mas por vezes é preferível uma decisão menos acertada ao arrastamento de problemas por uma decisão eternamente adiada.
Como devem ter percebido, ou talvez não, sou uma pessoa impulsiva, levada muitas vezes a situações irreversíveis. O coração ao pé da boca tem-me pregado algumas partidas, no entanto raramente encontro motivos de arrependimento dos meus actos. Não gosto de adiar por muito tempo aquilo que tenho de fazer, mesmo que não haja maneira de voltar atrás. E depois, foi só um blog acabado, mais um capítulo encerrado para logo se abrir outro e com toda esta inconstância que me caracteriza, não se espantem se dentro de algum tempo o meu fantasma voltar a vaguear pela internet.
Para já está decidido que, mesmo sem blog, não vou deixar de fazer visitas, especialmente a pessoas que, incondicionalmente e sem quase me conheceram, me apoiaram em momentos de fraqueza, momentos que têm sido mais frequentes do que era desejado. Mas, compreendam, por vezes torna-se tão difícil controlar os sentimentos que o coração acaba falando mais alto do que a razão e acabamos a dizer mais disparates do que é socialmente desejável. Nessa situação, que já por mais de uma vez atingi, é tempo de fazer uma paragem para respirar e fazer um balanço. Perguntarmo-nos se aquilo que andamos a fazer é algo que valha a pena ou se não servirá, apenas, para aumentar a dor que tentávamos aliviar. Não devemos evitar morrer da doença para vir a morrer da cura e sinto que era isso que me estava a acontecer.
A todos o meu muito obrigado e desculpem se alguma vez vos desiludi.
J. Serra (atever).

Afrodite disse...

A minha primeira reacção à decisão do atever (que muito admiro) foi a seu jeito, pois também "sou uma pessoa impulsiva" e também capaz de dizer que há situações irreversíveis; contudo, a maior parte delas não o são: contornam-se.
Assim, apaguei as palavras inconformadas que escrevi.

Que dizer, que fazer, perante a frase: "aumentar a dor que tentávamos aliviar"?

Sem pressões a que não tenho direito, fico expectante e esperançosa.

Entretanto (e sempre), para ti,. atever, o meu beijo