segunda-feira, 30 de junho de 2008

Resguardo


Resguardo
Refugio
Ou esconderijo
Onde me oculto e guardo
Onde fujo ao subterfúgio
E escolho para onde me dirijo
Resguardo
De todos o teu sentimento
Protejo o meu amor
Pelo tempo certo aguardo
Neste ou outro momento
Para ser no teu jardim a única flor

Beijos e Abraços
Das Chamas do Fénix

4 comentários:

Paula disse...

Todos gostamos de nos refugiar... e se for nos braços de alguém, tanto melhor!

Abraço

As Chamas do Fénix disse...

Paula...

Tanto melhor mesmo...

Uma grande chama para ti... beijos

sou chifre de unicórnio, asas de fadas, coração de dragão... disse...

"no teu jardim a única flor"
ESTOU ENCANTADA COM ISSO...
LINDO DEMAIS

BJOS

Anónimo disse...

Seguro é como me sinto neste gesto.
Tudo o que tenho na reciprocidade de um movimento, na intensidade, na repetição de um sentimento de guarda é como que se fosse o calor do um peito. Talvez materno... talvez amado.
Talvez por isso o respeito anda a par com o resguardo!
Grande abraço!

Bodah