terça-feira, 22 de julho de 2008

Tempo de Antena

“Os tempos de antena que se seguem são da exclusiva responsabilidade dos intervenientes”

Bom dia,

Ontem… colocaram-me a seguinte questão… “Porque deixas-te de ser o Fénix”…
E eu pergunto diabo deixei de ser o Fénix, primeiro que tudo o que é ser um Fénix… ;o)
É verdade e admito que ultimamente me tenho dedicado mais à poesia… é sabido de todos que adoro escrever… transpor para o papel os sentimentos que me inundam a alma… o meu sentir…
Foi-me dado a entender, melhor foi-me dito claramente, que os seguidores habituais do meu ninho se sentem um pouco defraudados porque a poesia não é fácil de comentar …
Eu sei que não é fácil de comentar… mas também sei que não pretendo que o façam… só pretendo que a sintam… é esse o objectivo…
Uma pessoa que me é muito querida ontem leu uma poesia minha… e nas três leituras que lhe fez tirou três conclusões diferentes… e isso para mim é lindo…
Podia falar… dos políticos corruptos que se recandidatam , dos dirigentes desportivos cuja voz gravada não conta… , do silêncio daqueles que constantemente defendem os indivíduos de etnia cigana mas agora não lhes abrem as portas das SUAS casas para os alojar, dos que defendem que os combustíveis devem ser ao mesmo preço que em Espanha mas que se calam quando chegam ao ponto de igualar os salários, podia falar do “Pais das Ordens” onde parece que existem pequenos estados dentro do estado, da “crise” inflacionada pelos órgãos de comunicação social enfim podia realmente falar de tanta coisa… mas não me apetece… falar de um pais que parece o “Faz de Conta”
Estou a atravessar uma fase em que quero explorar melhor o mundo da escrita…
Por isso convido-os a vir aqui lerem os meus textos… não necessitam de os comentar… mas podem dar-me a vossa interpretação… a escrita é uma coisa pessoal mas os sentimentos são universais …
Este não é um novo Fénix… sou simplesmente Eu a fazer o que me apetece…
“Os tempos de antena transmitidos foram da exclusiva responsabilidade dos intervenientes”
Beijos e Abraços
Das Chamas do Fénix
Ps: Desculpem qualquer coisinha

12 comentários:

Paula disse...

Este texto fez-me rir!
Claro que podes falar ou melhor escrever sobre política, injustiças sociais e outros temas da actualidade.
Sugiro que acrescentes outro "blog" exclusivamente para temas mais prementes da actualidade se isso te completa e os teus leitores o exigem.
Ou então nada te impede de ires escrevendo outros textos mais pragmáticos, aqui, além da poesia.

Mas concordo contigo que por muito que gostemos de escrever, há períodos da vida em que só nos sai poesia, porque não há outra forma de escrever o amor, a paixão, os amores secretos, os devaneios, as fantasias! Percebo-te porque sinto exactamente o mesmo! E a poesia nestas alturas alivia-nos o espírito. É um bálsamo para a perda, para o sofrimento, a saudade! É o oxigénio necessário para o sufoco das nossas existências revolucionadas em avalanches de paixão desenfreada em que o sonho se torna mais forte do que qualquer realidade!

Beijo

As Chamas do Fénix disse...

Paula...

É isso tudo que disseste...
Mas quanto ao criar outro espaço acho que não se justifica pelo menos para esse fim... Este é suficiente... Tenho ai um projecto em vista de um Blog escrito em parceria... mas isso é outra história...
Agora tenho este e faz-me bem...

Uma Grande Chama para ti ... beijos

Gerlane disse...

Olá! Temos novidades por aqui!

Amigo, independente do tipo de texto que escrevas e publiques aqui, faz o que te der vontade, pois penso que é esse um dos objetivos de se postar em um blog: comunicar-se. E que comuniques teus sentimentos, pontos de vista, valores, que interajas, enfim!

Beijos pra ti!

As Chamas do Fénix disse...

Olá poetisa do outro lado do atlântico... como estás?
Apenas posso dizer que faço minhas as tuas palavras...


Uma Grande Chama para ti... Beijos

Carla disse...

esse é um dos encantos da poesia...ter vários entendimentos consoante quem a lê e o espírito com que o leitor está ao lê-la!
Sendo um blog algo tão pessoal é óbvio que a escolha do seu conteúdo depende única e exclusivamente de quem o cria...e parece que agora o teu "Eu a fazer o que he apetece" está para aí virado...fases, como tudo na vida também a escrita vive de fases!
beijos e boa escrita seja ela em verso ou em prosa

As Chamas do Fénix disse...

Carla...

Ora nem mais...ora se uma pessoa tem preferências e exigências numa coisa tão delicada como o amor...porque não há de ter na escrita...

Uma grande chama para ti... beijos

Anjo De Cor disse...

Olá amigo, a casa é tua logo estas à vontade, quem quizer entrar creio que será sempre bemvindo ;)
São fases diferentes da escrita e se queres saber escreves muito bem poesia ... ;)Gosto de te leer.
Bjs**
Sónia

As Chamas do Fénix disse...

Anjo De Cor...

Olá amiga e eu gosto muito que me lê-as... e sempre és e serás bem vinda a este ninho enquanto ele existir...

Uma grande Chama para ti... beijos

Pandora disse...

Não se pode agradar a Gregos e a Troianos. O blog é teu e como tal quem decide o conteúdo és tu. Quem não gostar...paciência!
Como tua leitora assídua que era, longe de mim exigir-te outros textos que não sejam os da tua vontade, no entanto gostaria de dizer-te que este espaço era dos meus favoritos, quando dá-vas o ar de tua graça e punhas os leitores a rir ou então quando publicavas textos onde havia interacção com os leitores e claro...de vez enquando lá nos presenteavas com uma ou outra poesia, que era sempre muito bem apreciada.

Um bom dia e um beijo

As Chamas do Fénix disse...

Pandora...

Registo com muito apreço as tuas palavras, é certo que se pode agradar a Gregos e a Troianos... nem é essa nem nunca foi a minha pretensão... Como digo é uma fase... posso continuar com a poesia ou talvez não... ou até posso mesmo fechar o Blog por uns tempos para reflexão…

Uma grande Chama para ti…beijos

Mando disse...

Não sei quem proferiu tais palavras que te fizeram escrever este texto, mas dou-lhe os parabens heheheheh, não é por nada mas até gostei de ler este texto, sempre igual a ti próprio.

Quanto á poesia olha, até já eu tentei heheheh

Quanto ao resto, quem não gostar desta forma de poesia só tem uma coisa a fazer ir ali á votação e dizer "já não estou".

Abraço

As Chamas do Fénix disse...

Mando...

Ora quem manda, manda bem....a caixinha está mesmo ali ao lado... e se lá foi colocada... é para se lhe dar uso...


Um abraço