sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Vegetariano não obrigado... Eu gosto de CARNE


Olá amiguinhos….

Bom dia a todos…hoje vou falar do amor…nahhhhhhh…. Hoje vou falar da Carne…

Do amor todos falam, mais bem ou mais mal todos já experimentaram essa maravilhosa e misteriosa sensação que o amor desperta no nosso intimo.

Mas qual é o impulso???? Pois é a CARNE… Homens e Mulheres antes de qualquer avanço para onde olham, uns para os Rabos, Rabitos ou Rabalhões, outros paras os Lábios, Labitos ou Beiços, outros para as maminhas, mamocas ou melões, alguns outros para os olhos (mas muito poucos, essa parte já necessita de maior proximidade), enfim faz-se uma primeira triagem.

Depois temos o olhar virtual da carne, que é quando passamos à fase de imaginar o que não está à vista, mas sabemos que está lá, a não ser que venha-mos a dar com alguns fenómenos da natureza que andam por ai, e que acabam por ter um pouco mais do que imaginámos (Tipo, sou a Joana, mas os meus pais insistem em chamar-me João).

O primeiro amor, a essência do amor, é e sempre foi a CARNE, embora a sociedade teime em fazer-nos esquecer disso, colocando sempre uns acessórios cor de rosa ao tema… Desde sempre o Homem procurou a mulher mais condições tinha de perpetuar o seu material genético e a mulher procurou o homem que mais condições tenha de a proteger e fazer sentir-se segura… isto é inato… isto é instinto…
Ninguém pode imaginar que a história foi exactamente como nos é apresentada nos filmes, provavelmente se um homem do Sec. XXI tivesse que beijar, acarinhar ou possuir a mais limpa e higienizada mulher do Sec. XII, teria a sensação de que a Miss Piggy era um Sonho de Mulher…

Voltemos então à Carne… hoje pode não ser o mais fundamental dada a nossa evolução social, a nossa evolução relacional, mas no fundo está sempre presente, tanto no homem como na mulher. Uma Mulher adora um homem que a faça rir, uma mulher adora um homem que sorri, que a faça sentir-se protegida, que lhe transmita confiança, mas também adora um homem que a faça sentir mulher e que a faça acreditar que na cama não há melhor que ela...

Se a carne é importante para o Homem, também não, o é menos importante para a mulher, porque quem não gosta de um bom orgasmo (e se é orgasmo é sempre bom), intenso, daqueles o mundo pode acabar naquele instante, como dizem os brasileiros “to nem ai” .

Só por curiosidade, o amor carnal, a ginástica da carne, o amor sexual, faz-nos suar, e o que é o suor? É pura humidade, que tem a sua origem na palavra “húmus”, que mais não é que a matiz latina da palavra “humor”.

Por isso e como me preocupo bastante com o vosso bom humor, just do’it … what else???? ….
Eheheheh quero o meu povo a sorrir, com um sorriso de orelha a orelha.
E agora épró menino ó prá menina… há frutochocolate….

Beijos e Abraços
Das Chamas da Fénix

7 comentários:

dualidades np disse...

Tás todo abrasado!!!
Abraço

Marta disse...

O orgasmo é para mim dos maiores prazeres da vida!

O renascer da Fenix disse...

Para Marta,

E é mesmo, podes acreditar nisso...

Beijos e muitos orgásmos para ti

Paulo Vaz da Silva disse...

Acho que tás a precisar de " ... afogar o ganso ... " senão afoga-te ele a ti!

Tomem lá bjs e abrçs do pvs

Dualidades disse...

Depois de ler este post e os comentários, só tenho um comentário: :o))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Abraço

Dualidades JP

mimi disse...

Parabéns pela originalidade do post ;o)

O renascer da Fenix disse...

para

NP
Abrasado...Hum...não estou mas hei-de estar...fica descansado
Abraço

PVS
Deixa lá o Ganso em paz... que o nome de baptismo é outro e não está sujeito a apanhar a Gripe das Aves
Abraço

JP

Esse sorriso todo...ena ena ganda maluko...
Abraço

Mimi

Simplesmente, obrigado pela tua simpatia
Volta sempre e Beijos