quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Oração...


Avé tu,
cheia de graça...o Fénix é contigo, bendita és tu entre as mulheres, bendito é o toque do teu ventre, 8ª cor...

Santa tu, mãe do amor, roga por mim pecador, agora e na hora da nossa união, amen…
Peça à peça... se vai construindo o amor...

Beijos e Abraço
Das Chamas Do Fénix

5 comentários:

mjf disse...

Olá!
concordo inteiramente ;" Peça à peça... se vai construindo o amor..."


Beijocas

Shakti disse...

Peça a peça o fénix volta ao seu renascer...

Peça a peça a união complementa-se...

Peça a peça o toque torna-se mais intenso...

Peça a peça o puzzle fica completo...

Peça a peça o proibido passa a obrigatório...

Peça a peça o amor vence !!!

Peça a peça me despeço com uma peça de beijos ...

As Chamas do Fénix disse...

Mjf...

Amiga e tudo na vida...

Uma grande chama para ti...beijos

As Chamas do Fénix disse...

Shakti...

E peça a peça descobriste a poeta que havia latente em ti... parabéns pelo comentário...lindo..

Uma grande chama para ti... beijos

Vasco disse...

Peça a Peça se vai refazendo a dor
Em rompantes escarlates de raiva
Pois não existe nenhum amor
Que me anule a angustia
Que me reconheça a fúria.

Ciclo vicioso, Sem objectivo,
Sou rancoroso,
Morro... E revivo.
Alexandre Houou, Heterónimo

Vives do justo e do teu amor enquanto fénix. Interessante ver alguns pontos de ligação entre "nós". No entanto há esta vertente, a vertente obscura e ciclica de dor sem origem. Viver doi, essa dor é furiosa...

Vai, constrói o amor, se é isso que te move, pois este fénix move-se através da dor! Abraços ;)
Vasco, Ortónimo