segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Textos que merecem ver a luz do Sol...

Recebi, li, reli, adorei, publiquei... e porque? Porque eu sou assim...porque ela é assim...



Estava sentada com os pés enterrados na areia molhada.

O Verão começava a despedir-se dos dias longos e quentes. A chuva antecipava o Outono e afastava as pessoas daquela praia que um dia quiseram fazer sua.
A brisa que sempre os uniu, naquele mapa de sentimentos que os envolviam, era agora um vento forte, com uma melodia de saudade.
Ela lembrava-se das palavras mágicas, dos olhares apaixonados, do toque ardente, das carícias adivinhadas…do mundo secreto que tinham criado só para eles e sorria num misto de alegria e tristeza.
Mesmo na ausência havia aquele elo que não conseguiam quebrar e que os unia para lá dos oceanos, do tempo, do espaço …e da separação.

Um dia perguntou-lhe: "porque queres pedaços de vento?"
-Porque me fazem voar
Não eram palavras que ele queria…era o próprio voo.
Disso sabiam os dois.
E perguntou-lhe novamente: "porque queres pedaços de mar?"
-Porque me fazem sonhar
Ele era o vento e ela o mar…eram voo e sonho sem restrições…partes perfeitas de um todo…só deles…só NOSSO!

Amo-te
Perdemos a conta às vezes que esta palavra interrompeu os nossos diálogos. Simplesmente acontecia termos vontade de a oferecer, como se com ela fosse parte de nós, deste nosso sentimento!
E quase sempre assim era, não que fosse necessária ser dita, o que ela significava nós sempre adivinhamos…assim como adivinhamos as dores, as alegrias, os pensamentos e os sentires um do outro.
Foi como uma brisa que nos invadiu o corpo e a alma, este amor que nos conquistou sem termos dado pela sua chegada.
Aquela brisa que sempre nos levou um até ao outro independentemente da distância, das diferenças, dos obstáculos…uma brisa feita com palavras que só quem ama consegue traduzir!
E juntos criamos um mundo feito de quereres, de desejos, de amor…juntos descobrimos a oitava do arco-íris e foi ainda juntos que inventamos carícias e olhares…numa linguagem onde as palavras eram apenas uma parte do todo que sentíamos!

Sempre foi fácil amar-te, talvez por me sentir amada de uma forma única e tão especial!

Sempre foi fácil tornar-te parte de mim…em todos os momentos!

És especial no sentir, possuis uma forma de amar tão doce e, acima de tudo, és único no amor que ofereces!

Há pessoas que passam pela vida sem nunca saberem o que é o amor, o verdadeiro…aquele que nos deixa perdidos num mar de emoções fortes, tão intensas que nada mais parece importar, tu deste-me isso…perfume ao ar, melodia às palavras, sabor aos sentimentos, ternura ao olhar e sentido ao amor.

Não te digo obrigada, porque sei que ficarias zangado se o fizesse…digo-te apenas:

Amo-te
Beijos nossos…sempre!


E depois disto ... o Fénix ficou sem palavras...
Beijos nossos...sempre ...
em breve publicarei a 2ª parte... com um desfecho... surpreendente

7 comentários:

Shakti disse...

Valerá a pena ??

Sabes um dia disseram-me ...Não trates com prioridade quem te vê como opção ...
Começo a entender tão bem esta frase !!

bjs

Pandora disse...

Eu como sou uma coração mole, derreti-me toda, fiquei sem palavras e uma lágrimita no olho.

O melhor que levamos desta vida, é o amor, seja ele de que forma for e por quem quer que seja...mas é o amor que nos move.

Beijos a vós!

As Chamas do Fénix disse...

Shakti...

Respeito o teu sentir... sei o que é isso ser uma opção... mas nem tudo o que brilha é ouro... o texto vai continuar...e novas revelações no teu pensar se vão revelar...

Uma grande chama para ti... beijos

As Chamas do Fénix disse...

Pandora...

Espera pelo proximo espisodio amiga... mas numa coisa tens tu razão.. . o amor... é o melhor que levamos nesta vida... e esse nem a pessoa que amamos pode roubar...

Uma grande chama para ti...beijos

Ps: quanto à foto eu digo a que a fez que te ensine ok...

Pandora disse...

Tem continuação?
Adoro uma bela história de amor e com final feliz!

Beijos

As Chamas do Fénix disse...

Padora...

Tem e volto a repetir nem tudo o que brilha é ouro amiga...


Uma Grande Chama para ti... Beijos

AnaMar disse...

O amor...só quem sente sabe como também pode fazer sofrer