segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Ela…a que tem vários nomes…

E lá estão elas protegidas entre lábios pequenos e grandes à sombra do monte, são lindas todas elas, são flores e primavera, são calma, são cio, são prazer que afoga o vazio…
Vaginas, lugar de culto, onde o meu corpo oculto, que ofuscam e fascinam, lugares por onde deslizo, onde aceito o desafio e tiro e enfio até ao ultimo arrepio…
Adoro essas flores lindas, que pela primavera não esperam, estão sempre em flor, rosas, camélias ou jasmim, todas elas prazer que não tem fim…
Beijadas ou penetradas por mim todas amadas, onde me perco, onde tudo bate certo, onde num ritmo certo ou incerto, do deserto sai nascente, num néctar que não mente…
São bela figura, sinónimo de doçura, são anónimas ou conhecidas, histórias vividas e não esquecidas…a elas as que têm vários nomes… este é o meu tributo…

Beijos e Abraços
Das Chamas da Fénix

17 comentários:

Dualidades disse...

:o)))

Silvia disse...

:O)))

O renascer da Fenix disse...

Dualidades...

Silvia...

Mas isto por aqui é só :O)))

Bem, belos comentários
um grande :O))) para voçês também

Beijos e Abraços

Silvia disse...

Eu não sei como você entende esta figura :o))), a mim é apenas uma expressão de espanto!!
isso não significa que eu não tenha gostado.
gostei!!!!, escreveu de maneira sutil, apenas não quis comentar o que escreveste. Mas isso não quer dizer que eu não gostei.
deixe-me inventar uma nova ¨¨*_*¨¨¨!!!que tal?
bjs

O renascer da Fenix disse...

Silvia...

Eu sei o que significa, estava só a brincar... essa nova é que deixou confuso o que significa????

Lagrimas???? de felicidade ou tristeza???

Beijos

Paulo Vaz da Silva disse...

Só uma palavra;

Espectacular!!!

Essa droga que andas a tomar é fixe ... hehehe

Tomem lá bjs e abrçs do pvs

Silvia disse...

tá muito filosófico, não significa nada mais que um sorriso largo para você...
eu também sou como você, não gosto que não digam nada. desculpe, no momento fiquei sem saber o que dizer.
e preferi a sugestão do Dualidades.
bjs

Maria do Consultório disse...

Eu quero disso que tu fumas.
Era uma maravilha!

O renascer da Fenix disse...

PVS

É não é... qualquer dia... digo-te o que é....

Abraço e Volta sempre

Maria

Como sabes que é de fumar...
Isto é uma droga especial...
Não é para o pulmão...eheheheh...

Beijo e volta sempre

dualidades np disse...

:o))

O renascer da Fenix disse...

NP,

olha outra batatinha com sorriso, ai, ai, ai... começo a desconfiar que as vaginas vos fazem um efeito :o)), será que tem cura... e eu não coloquei foto...

Abraços e volta sempre

Rita disse...

Fónix Fenix,
Estás inspirado. Este Ode à Vagina está fantástico. É isso mesmo à que dar valor às partes do corpo que mais prazer nos dão. Vê lá se fizeste um ao estômago ou ao pâncreas???
Jokas
PS - Gosto dos comentários dos Dualidades, muito expressivos...

O renascer da Fenix disse...

Rita,

É já a seguir...é já a seguir...

Sobre a vagina escrevi porque me dá alegria e inspiração... o pâncreas trás diabetes com fraldas e babetes, o estômago cheio, azia e como então escrevia?…deixa estes órgãos em paz, no sossego do abdómen, pois é a vagina que me fascina a mim que sou Fénix mas acima de tudo sou homem

Beijos

Rita disse...

Meu Deus, um verdadeiro poeta!
E com esta me arrumaste...
Adorei!
Jokas Grandes

O renascer da Fenix disse...

Rita,

De nada sempre às ordens...

Beijos

mjf disse...

Olá!
Sou novata nas visitas ao teu blog, mas vejo que inspiração e arte não falta neste espaço...
Se dissertação sobre vaginas deu este texto...imagino o que nos espera...

Não sei se já fizeste algum post sobre mãos( adoro mãos lindas) se não...quando tiveres um tempinho!!!
pode ser??? :)) please :=)

Fico á espera

Beijos

Gaja Boa 2 disse...

Uma homenagem...bonito....

beijos