terça-feira, 30 de setembro de 2008

Pensamentos Ácidos...


Pensamentos ácidos que tentam corroer a alma sem quietude
Que se isola das brisas que refrescavam as chagas abertas
Ecoam nas memórias os gritos...sinais sem aparente atitude
Que tornam o lago dos sentimentos em areias desertas!!!

Devanear de corpo em corpo como um ser amorfo ... oco
Querer comer ... devorar a asfixia que te circunda...
Tomam-te por um ser estranho de olhar perdido e louco
E ninguém sente o teu sentir no seio de tanta realidade imunda!!!

Onde está o rumo que vias com imensa claridade ...
Os trilhos das histórias que te saíam da garganta sabida...
A força que tinhas no teu espírito e que olhas com saudade
Onde está a boca que te confortava e que agora está perdida???

Nada sabes...só sabes que na carne não está a salvação...
Remoinhos de tesão erosivos sem marca ou recordação
Transformar o sentimento em tábua de salvação...
Mas o amor em desalinho é mais cruz que oração!!!

Tomas de um trago o veneno da serpente
Deixas que o fumo te entorpeça a mente...
Tornas o teu corpo num ente... uma coisa diferente
E tudo que pedes é que o teu sentir de ti se ausente!!!

Corres descalço... nas pedras da calçada que te flagelam...
Sentes na cara a chuva quer te quer expurgar
Caem do céu as estrelas que se apagam
Imaginação que se ergue aos céus para te afagar!!!

Passas os olhos tingidos de vermelho salgado pelo futuro
Procuras as respostas... mesmo que o fim seja duro...
Pensamento insano com laivos de corpo maduro
Está no teu destino... o final que para mim auguro!!!


Beijos e Abraços
Das Chamas do Fénix

6 comentários:

Paula disse...

Pressinto das tuas palavras que estás a entrar num caminho novo em que começas a dar valor a pequenas coisas que provavelmente não davas grande atenção...
Chama-se a isso crescer ao nível espiritual.
A serenidade interior traz por vezes mais bem-estar do que procurar desenfreadamente entregas de corpos efémeros...
O amor virá! E quando o tiveres à tua frente não terás qualquer dúvida!
Entretanto sê tu próprio, descobre-te no que tens de melhor, o teu entusiasmo e a tua paixão pela vida são fundamentais!
E... Homem!!! Escreves cada vez melhor!

Beijo

As Chamas do Fénix disse...

Olá Paula,

Quem te ler vai pensar que és a minha psicologa :)...
Obrigado pelas tuas sempre queridas palavras...

Uma grande chama para ti... beijos

acqua disse...

Dizem os profetas, outrora sábios, quem sabe profanos que sempre é preciso desarrumar-se, desorganizar-se para só então encontrar o que temos nós de melhor. A busca é longa, os caminhos são sempre os mesmos, mas sempre há o que se ver no dia seguinte, afinal, somos desatentos por natureza...

Shakti disse...

Por vezes os pequenos sinais são essenciais ...ir atrás de respostas , pensamentos insanos, procurarmos os nossos destinos dão por vezes algum alento para quando se anda perdido...

Amei...amei mesmo este teu poema e de certa forma revi-me nele !

bjs

As Chamas do Fénix disse...

Acqua...

Tens toda a razão quando dizes que somos desatentos por natureza... mas acredita que nos caminhos dos sentimentos não há dois iguais... todos no nosso caminho da vida podemos trilhar caminhos semelhantes, mas existem pequenos pormenores que sempre farão grandes diferenças...

Uma grande chama para ti... beijos

As Chamas do Fénix disse...

Shakti...

Isso Shakti, isso mesmo... nunca parar...nunca desistir...mesmo que teimem em nos convencer que esquecer é o melhor... nas nossas memórias estão muitas das resposta ao nosso destino...

Uma grande chama para ti... beijos